Agachamento livre | execução, anatomia e cinesiologia

Execução do agachamento livre

O agachamento livre deve ser executado dentro de um rack de agachamento para fins de segurança. Para começar, primeiro vamos definir a altura da barra no rack, ela deve ficar acima do nível do ombro. Uma vez na altura correta, coloque a barra na parte de trás de seus ombros (um pouco abaixo do pescoço) em toda ela.

Segure a barra com as duas mãos de força equilibrada e a retire do hack usando a força das pernas, e ao mesmo tempo endireite o tronco.

Afaste-se do rack e posicione seus pés com uma largura maior que do seu ombro. Mantenha sua cabeça erguida e as costas retas. Esta será a sua posição inicial.

Comece a baixar lentamente a barra, dobrando os joelhos e sentando em seus quadris com a postura reta e a cabeça erguida. Continue descendo até dobrar os joelhos em 90º, inspire ao final do movimento e comece a subir.

Descrição do agachamento livre

  • Tipo:  musculação
  • Nível de atividade eletromiográfica: IEMG 88%
  • Principal grupo muscular: quadríceps, glúteo, posterior da coxa
  • Grupos musculares secundários: adutores e abdutores do quadril
  • Equipamentos: barra, anilhas
  • Tipo: geral
  • Nível: intermediário, avançado
  • Especificidade desportiva: ND
  • Nível de complexidade motora: moderada

 Anatomia do agachamento livre:

No Agachamento livre os músculos primários são quadríceps, glúteo máximo e isquiotibiais, devido a complexidade do exercício os adutores e abdutores do quadril,  paravertebrais e gastrocnêmico  atuam na estabilização do movimento

Agachamento livre com barra 300x248 Agachamento livre | execução, anatomia e cinesiologia

Agachamento livre com barra

Rodrigo Ramos

facebook

Graduado em Educação Física e Pós-Graduado em Fisiologia do Exercício. Professor das disciplinas de Fisiologia do Exercício e Treinamento Desportivo Personal Trainer com mais de 10 anos de experiência em performance e reabilitação física


Você pode deixar uma resposta, ou trackback do seu próprio site.

Deixe um comentário

Powered by WordPress