Série para malhar perna e glúteo de mulheres magras
18 de junho de 2018
Serie ABC de musculação feminina para hipertrofia e definição
25 de junho de 2018

O aluno Ectomorfo precisa de uma dieta especial para treinar num nível de intensidade que é o ciclo de Hipertrofia Muscular, ele precisará dar a devida atenção à a quantidade de calorias e frequência alimentar.

Quando combinados com trei­namentos de carga pesada, a dieta própria irá acelerar um ganho na massa magra, por distribuir nutrientes corretos no melhor tempo e em quantidades específicas.

A dieta

A dieta de Hipertrofia Muscular requer alguma disciplina em sua apli­cação, mas o esforço valerá a pena. O objetivo desta dieta é desdobrado em quatro:

  • Para dar-lhe maior energia durante o treino e recuperação, a qual ajudará na quebra das barreira hipertrofia;
  • Para acelerar o metabolismo e aumentar a massa magra;
  • Para melhorar na recuperação após os trabalhos;
  • Para acelerar os processos anabolizantes e reduzir o estado cataboLizante.

Devido à sua baixa experiência o ectomorfo terá dúvidas sobre a consideração cuidadosa da aprendiza­gem da ingestão de aumentos próprias, que construirão a massa muscular. Vários ar­tigos sobre nutrição, já foram escritos adequadamente, fazendo um perfil apropriado da seleção de alimentos a serem ingeridos.

Nós tocaremos neste ponto rapidamente. Contudo, antes que façamos, nós gostaríamos de apresentar-lhes alguns pensamentos sobre dietas bási­cas e o seu papel no esporte, que foram pesquisados cuida­dosamente nos últimos anos.

O stress

O Ectomorfo deveria ter a capacidade de reduzir todos os tipos de estresse externos. O levantamento de peso e os exercícios de suporte, são por eles mesmo quase estressantes se conduzidos a um nível de carga pesada.

So­mando um estresse externo, em certo ponto único para cada aluno, pode reduzir sua capacidade de produção em ganhos musculares. É o terceiro estágio no qual a maioria dos ectomorfos podem ser encontrados e por essa razão, é um dever do cliente atravessar o terceiro estágio a um está­gio saudável, para que possa alcançar o melhor crescimento em massa muscular.

O aspecto principal da nutrição incorreta é que nos levam a um estado de “ganhos musculares lentos” e é caracterizado por uma menor resistência ao estresse, cansaço e de uma fraca capacidade adaptativa.

Um aluno magro pode se estabilizar no terceiro estágio, mas será mais ineficiente e pode facilmente levá-lo a ganhos pequenos, doenças ou Lesões. Isso é uma verdade, especialmente durante o estado de overtraining quando o sistema imunológico fica sacrificado.

Composição dos tecidos

Nossos corpos são compostos por substâncias que cons­tituem sua formação química. Substâncias de origem natural podem ser muito complexas e podem executar algum tipo de função dentro do corpo ou são utilizados para alcançar resul­tados específicos.

Todas as substâncias biologicamente ati­vas são capazes de mudar dentro do corpo. Existem dois tipos de substâncias biologicamente ativas – endógenas e exógenas.

Endógenos são elementos químicos como: (nitrogênio, oxigênio, sódio e potássio, etc.), reguladores de peso de baixa molecuLaridade (glucose, ATP, adrenalina, acetilcoLina, etc.) e biopolímeros de peso de alta moLecularidade, (DNA, RNA, e proteínas).

Substâncias biologicamente ativas exóge­nas são aquelas que entram no corpo na forma de comidas (proteínas, gorduras e carboidratos, vitaminas e muitos ou­tros), ou na forma de preparados medicinais farmacológicos.

As substâncias biologicamente ativas alimentares exe­cutam as funções construtivas musculares corporais e reno­vam as perdas energéticas, enquanto que, na farmacologia desportiva são utilizadas para prevenção e fortalecimento da saúde em geral e para aumentar o ganho em massa ma­gra. Não há divisões nítidas entre os dois grupos.

Produtos alimentares muitas vezes podem conter ingredientes que tem uma ação terapêutica, cenoura, repo­lhos, ameixas secas, iogurte e assim por diante.

A nutrição racional não é o único suprimento de mate­riais estruturais e calóricos. De acordo com o Instituto de Nutrição, da Academia de Ciências da RÚSSIA, a dieta diária de uma pessoa deveria ser de uma ingestão de, mais de 600 substâncias, incluindo 17 vitaminas e 20 aminoácidos.

É o aspecto farmacológico da suplementação nutricional e natural, que devem ser de grande interesse para o ectomorfo.

Conclusão

Para ter resultado o ectomorfo precisa de uma dieta específica, desenvolvida por uma nutricionista e com grade experiência em treino de musculação para auxiliar o aluno magro a ter resultados

Rodrigo Ramos
Rodrigo Ramos
Sou Graduado em Educação física e Pós-graduado em Fisiologia do Exercício e Reabilitação Cardíaca. Atuei por mais de 10 anos na Reabilitação Cardíaca e no ensino superior ministrando aulas na Graduação e Pós Graduação nas disciplinas de fisiologia do exercício, treinamento desportivo e avaliação das capacidades física. Trabalho como personal trainer a mais de 15 anos na cidade de Santos, em 2012 fundei o site wwwmusculacaoonline.com.br para oferecer um serviço de personal trainer com suporte online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *