CLA Ácido linoleico conjugado, guia completo!
20 de fevereiro de 2018
Guia básico de definição muscular para o treino de iniciantes
20 de fevereiro de 2018

Muitos alunos da personal trainer online querem fazer o treino aeróbico para emagrecer. E a resposta para o titulo do post parece clara e óbvia, emagrece sim.

Mas por que uma pergunta que já tem resposta torna-se título de um artigo? É que em determinas situações o treino aeróbio é capaz de aumentar sua porcentagem de gordura, então nem sempre ele emagrece.

Claro que essa é uma situação hipotética, e que só acontece em situações específicas, não fique confuso com informações, que ao primeiro momento, parecem ser controversas, vou reforçar o conceito sobre aeróbicos e emagrecimento.

O princípio é entender a diferença de palavras que até parecem sinônimos, mas na prática são totalmente diferentes. Exercício, treino e treinamento. O ato de exercitar-se é apenas realizar um movimento corporal com a intenção de melhorar a saúde ou o condicionamento físico.

Treino, por sua vez, consiste em uma única sessão que a pessoa realiza uma série de exercícios. Já o treinamento é a repetição das sessões de treino de forma regular.

Exercício não emagrece ninguém, o que vai fazer a pessoa perder peso é o treinamento. É absolutamente possível usarmos a mesma lógica quando falamos de comida.

Alimentos calóricos, com gordura ou açúcar engordam? Não, mas sim a regularidade com o que se come tudo isso e, ainda por cima, não há um equilíbrio entre o consumo de calorias e o seu gasto – sendo o consumo maior que o gasto.

Se isso ficou claro para você, isso é ótimo. É fundamental que você esqueça aquela história de “alimentos proibidos”; “exercícios que emagrecem ou engordam”.

Então, é bem fácil perceber que você pode ganhar peso treinando e também é absolutamente possível perder peso, mesmo comendo alimentos ricos em gordura e sem fazer qualquer tipo de treinamento… Tudo isso é questão de periodicidade.

Mas o exercício aeróbio emagrece ou não?

Se o individuo fizer uma dieta restritiva, parte do peso perdido é massa muscular. Por isso, é possível que a pessoa tenha “engordado” mesmo tendo perdido peso na balança.

A questão é que quando o treino aeróbico é combinado a essas dietas, ele pouco ajuda a potencializar a perda de peso e não ajuda em nada a preservar a massa magra.

Já a musculação, quando aliada à mesma dieta, ajuda na preservação da massa muscular, ao mesmo tempo em que não interfere no emagrecimento.

Esses dados levam as pessoas a concluir que:

  • A) Exercício aeróbico não emagrece;
  • B) Musculação emagrece;
  • C) Dieta restritiva é efetiva para perder peso, exercício não.

Só que não é bem assim. Esses estudos são feitos de forma muito controladas, ou seja, não cabe colocar que isso é que acontecerá com a população em geral. É essencial lembrar que não somos iguais e, por possuirmos diferenças, é que existem muitas variáveis na resposta a intervenções como treinamentos e dietas.

Além disso, esses estudos são incapazes de controlar o que chamamos de “comportamento compensatório” que algumas pessoas apresentam quando começam a treinar (passam a comer um pouco mais).

Claro que, no curto prazo, dietas restritivas são extremamente eficazes para perda de peso, inclusive, possivelmente, têm maior potencial de induzir a perca de peso quando comparada ao próprio exercício.

Mas e no longo prazo? Como é possível manter uma dieta restritiva por muito tempo? Esses estudos nunca duram mais do que 3 ou 4 meses, aí fica fácil né?

Conclusão

Então se você só fizer exercícios aeróbio terá muito menos chances de emagrecer e se manter magro. Mas se associar uma dieta isocalórica com treino de musculação e aeróbio de qualidade vai emagrecer e se manter magro para sempre.

Leia mais

Rodrigo Ramos
Rodrigo Ramos
Sou Personal Trainer, especialista em programas de hipertrofia e definição muscular. Se tiver alguma dúvida CLICA NO ÍCONE DO WHATSAPP no canto inferior DIREITO da tela OU na imagem no meio do POST para falar diretamente comigo! Boa leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?