Perda de Gordura Corporal: Treino de Cárdio ou Musculação?! Treinos com Videos
10 de abril de 2018
Avaliação física – guia completo para professores iniciantes
10 de abril de 2018

Os carboidratos são essenciais para produção de energia do nosso organismo. Afinal o corpo humano é uma máquina surpreendente. Com cuidado e combustível apropriados, pode funcionar perfeitamente, atendendo à demanda da natureza.

Mesmo em casos extremos como o excesso ou a falta de cuidados, essa “máquina” é capaz de produzir o melhor trabalho dentro de sua capacidade. O corpo humano utiliza apenas três fontes de combustível energético:

  • Carboidrato
  • Lipídios (gorduras)
  • E alguns poucos aminoácidos (proteína). Cada um desempenha uma função-chave no metabolismo energético durante os exercícios e também no período de repouso.

Carboidratos

O carboidrato, comumente conhecido como “açúcar”, é o com­bustível mais importante para o corpo humano. Por exemplo, o siste­ma nervoso central necessita de carboidrato o tempo todo para um funcionamento adequado. Em condições extremas, como desnutrição ou alimentação inadequada, o corpo encontrará maneiras de produzir carboidrato (açúcar) utilizando diferentes fontes (como quebra de pro- teínas/gorduras). Porém, este mecanismo poderá provocar efeitos co­laterais adversos (como a formação de corpos cetônicos).

O que são os carboidratos

A estrutura química dos carboidratos é formada por carbono e água. Um composto de carboidrato é dado por uma combinação de átomos de carbono, hidrogênio e oxigênio. Eles são também conhe­cidos como “açúcares”.

  • Carboidrato (CHO) = Carbono (C) + Água (H20)
  • Carboidrato Composto = C + H++ Q?______________________

Quantos tipos de carboidratos existem

Existem três tipos de carboidratos: monossacarídeos, oligos- sacarídeos e polissacarídeos.

Monossacarídeos

Este tipo de carboidrato é conhecido como “açúcar simples”. A molécula carrega somente um açúcar simples em sua estrutura. Os monossacarídeos mais comuns são a glicose, a frutose e a galactose.

  • Glicose: A glicose (conhecida como açúcar do sangue) pode ser produzida pelo corpo através da digestão de out­ros carboidratos. Em casos extremos, pela quebra de lipídios e proteínas (aminoácidos).O “açúcar do sangue” é o combustível primário tanto para o funcionamento das célu­las como também para a atividade física. A glicose pode ser armazenada no músculo sob a forma de glicogênio. A entrada adicional de glicose será convertida em gordura para o armazenamento de energia.
  • Glicose Armazenada no Músculo = Glicogênio
  • Frutose: a frutose é encontrada, geralmente, nas frutas e no mel. Normalmente é convertida em glicose, uma vez que é absorvida pelo duto sanguíneo.
  • Galactose: a galactose é um dos componentes do açúcar do leite nas glândulas mamárias dos animais lactantes. Como a frutose, a galactose será convertida em glicose, uma vez que é absorvida e digerida pelo corpo.

Esse tipo de carboidrato pode ser usado como refeição pré-treino, sempre com 30 minutos de antecedência para evitar hipoglicemia de rebote. 

Dissacarídeos

Este tipo de carboidrato é formado pela combinação de duas moléculas de monossacarídeos – os dissacarídeos (“açúcares duplos”). Em geral, a glicose será sempre um dos componentes dos dissacarídeos. Sendo assim, os oligossacarídeos mais conhecidos são:

  • Sacarose: glicose + frutose.
  • Lactose: glicose + galactose.
  • Maltose: glicose + glicose.

Polissacarídeos

A combinação de três ou mais moléculas de açúcares simples formam o polissacarídeo. São infinitas as possíveis combinações de moléculas de monossacarídeos que podem ser utilizadas na produção dos polissacarídeos. Existem, basicamente, dois tipos de polissacarídeos: vegetais e animais.

  • Açúcar simples = Monossacarídeo
  • Açúcar simples = Monossacarídeo
  • Açúcar simples = Monossacarídeo
  • Vegetais: os mais comuns são o amido e a celulose.

Os ami­dos (conhecidos também como “carboidratos complexos”) são encontrados normalmente nos:

  • Cereais,
  • Na batata
  • Nos legumes
  • Nas sementes
  • Nos grãos
  • No milho
  • No feijão e nas raízes.

Os amidos são os polissacarídeos digestivos mais comuns. A celulose é o principal componente da parede celular das plantas, incluindo a parte estrutural das folhas, as hastes, as sementes e a casca das frutas. Uma vez que a celulose não é digerida por seres humanos, ela é considerada uma fibra dietética que não fornece energia.

A fibra dietética representa um importante papel em nosso tubo gas- tro-intestinal (intervalo de Gl). A função mais conhecida é a absor­ção do excesso de colesterol dentro do intestino, mas ela também é um agente aumentador (adiciona volume ao excremento). A baixa entrada da fibra dietética é associada a doenças cardiovasculares, diabetes tipo II e determinados tipos de câncer.

Esse tipo de carboidrato pode ser usado como refeição pós-treino, com uma porção generosa de proteína.

Conclusão

Consumir carboidratos não engorda ou faz mau a saúde, o problema é ingerir carboidratos em excesso, isso leva o corpo á elevar o aumento da produção de gordura e pode promover o aparecimento de doenças cardiovasculares ou cronicas como o diabetes.

Rodrigo Ramos
Rodrigo Ramos
Sou Personal Trainer, especialista em programas de hipertrofia e definição muscular. Se tiver alguma dúvida CLICA NO ÍCONE DO WHATSAPP no canto inferior DIREITO da tela OU na imagem no meio do POST para falar diretamente comigo! Boa leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?