Como a melancia ajuda no treino de hipertrofia
16 de fevereiro de 2018
Musculação feminina, guia para iniciantes
16 de fevereiro de 2018

A obesidade é um problema de saúde pública, e cada dia mais indivíduos obesos procuram a musculação para começar um programa de perda de peso. Segundo a Organização Mundial de Saúde o sobrepeso e a obesidade, são a principal causa de inúmeras doenças sistêmicas, representando o quinto risco de mortes globais matando certa de 2,8 milhões de adultos ao ano. E o treino de força vem sendo propostos como auxílio na prevenção e tratamento da obesidade.

Um estudo publicado na Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício investigou o efeito de diferentes números de repetições utilizadas no treino de musculação para a perda de peso. Os autores realizaram uma revisão sistemática no ncbi.nlm.nih.gov, Scielo, PubMed, e no site de busca Scholar Google, visando resgatar outros possíveis estudos de periódicos não indexadas nas bases citadas. Eles selecionaram 17 ensaios clínicos que apresentaram médias e desvio padrão entre (9,59 ± 2,47) a (12,47 ± 2,83) repetições.

O treino de força é considerado um estímulo muito benéfico sendo indispensável sua utilização entre programas que visam à perda de massa gorda, pois, além deste atuar na perda de gordura, simultaneamente contribui para manutenção da massa magra (ACSM, 2009). Os 17 estudos apresentavam uma diferença entre os menores e maiores números de repetições da ordem de 05 e 20 repetições respectivamente, e apresentando média e desvio padrão entre (9,59 ± 2,47) a (12,47 ± 2,83). Também foi notado no desfecho dos estudos que o treino de força apresentou resultados significativos na redução da porcentagem de gordura

Quadro 1 – Ensaios Clínicos selecionados por utilizarem o treino de forma como meio de intervenção, no emagrecimento.

N° Estudo < N° Rep >N° Rep Desfecho
1 Kraemer e colaboradores, (1997) 5 10 <%G
2 Prabhakaran e colaboradores, (1999) 8 8 <%G
3 Santos e colaboradores (2002) 8 12 N<%G
4 Janssen e colaboradores, (2002) 8 12 <%G
5 Layman e colaboradores, (2005) 12 12 <%G
6 Varela e colaboradores, (2007) 15 15 <%G
7 Batista e colaboradores, (2008) 10 15 <%G,
8 Veloso, Freitas (2008) 8 12 <%G
9 Macedo, Silva (2009) 12 15 <%G
10 Rezende e colaboradores, (2009) 6 15 <%G
11 Goncalves e colaboradores, (2012) 8 12 <%G
12 Wycherley e colaboradores, (2010) 8 12 <%G
13 Chinen e colaboradores, (2011) 10 10 <%G
14 Fisher e colaboradores, (2011) 10 10 <%G
15 Willis e colaboradores, (2012) 10 12 <%G
16 Monteiro e colaboradores, (2013) 15 20 < %G
17 Sanal e colaboradores, (2013) 10 10 <%G
Mínimo e Máximo (5 – 15) (8 – 20)
Média e DP (9,59 ± 2,47) (12,47 ± 2,83)
Legenda: Nº: Número; <N° Rep.: Menor número de repetições; >Nº Rep.: Maior número de repetições; <%C: diminuiu a porcentagem de gordura; N<%G: não reduziu a porcentagem de gordura.

Podemos observar que os estudos acima não utilizaram protocolos de treino de baixas repetições, isso é importante pois existe um mito incrustado dentre os ginásios e clubes esportivos, que o treino de musculação para emagrecer deve ser prescrito com menos peso e mais repetições, o que atualmente a literatura descreve ser literalmente o contrário, pois, os exercícios intensos, vêm mostrando maior eficiência quando comparados aos com menores intensidades.  Pois no estudo de Kang e colaboradores, (2009) foram testadas diferentes intensidades do treino resistido, e percebeu-se que a intensidade de (90% de 8RM) promoveu maior oxidação lipídica quando comparada a intensidade de (60% de 8RM). O que colabora com a premissa de que o número de repetições não precisa ser elevado quando o objetivo do treinamento for redução de gordura corporal.

Conclusão

Depois de tudo que foi apresentado acima, podemos afirmar que um treino de musculação para emagrecimento deve ter um número de repetições entre 8 e 12 para ser efetivo em promover a perda de peso.

Referência:

Rodrigo Ramos
Rodrigo Ramos
Para DUVIDAS ou SUGESTÕES, clique no ICONE do WhatsApp no canto interior DIREITO DA TELA. Ass. Prof. Rodrigo Ramos. Siga nosso site nas redes sociais e ganhe nossos eBOOKS sobre treino ou dieta!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?